ARCEBISPO METROPOLITANO DE BELÉM

DOM ALBERTO TAVEIRA CORRÊA

“PARA A VIDA DO MUNDO”

“PARA A VIDA DO MUNDO”

Nascimento: 26/05/1950
Ordenação Presbiteral: 15/08/1973
Nomeação Episcopal: 24/04/1991
Ordenação Episcopal: 06/07/1991
Nomeação Arcebispo: 27/03/1996

Ordenado sacerdote no dia 15 de agosto de 1973, exerceu seu ministério na Arquidiocese de Belo Horizonte – MG, Reitor do Seminário, Professor da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Pároco em várias Paróquias, Vigário Forâneo, Vigário Episcopal para a Pastoral e Capelão de Hospital.

Foi ordenado Bispo, como Auxiliar de Brasília, no dia 06 de julho de 1991. Foi Membro da Comissão Episcopal de Vocações e Ministérios do Conselho Episcopal Latino – Americano – CELAM, de 1995 a 1999. Em 31 de maio de 1996, tomou posse como primeiro Arcebispo Metropolitano de Palmas – TO. Em 30 de dezembro de 2009, foi nomeado o 10º Arcebispo Metropolitano de Belém, tomando posse em 25 de março de 2010.

Atualmente é Assistente da Fraternidade das Comunidades de Vida e Aliança em nome do Dicastério Pontifício para os Leigos, Vida e Família; Membro da Comissão Episcopal para os Textos Litúrgicos da CNBB; Vice-Presidente do CONSER Norte II da CNBB; Assistente Nacional da Renovação Carismática Católica em nome da CNBB.

Dom Alberto é Presidente do Instituto Dom Vicente Zico; Grão Chanceler da Faculdade Católica de Belém, Presidente da Fundação Nazaré de Comunicação, Presidente da Festa do Círio de Nazaré. Também é apresentador dos Programas Conversa com Meu Povo (TV Nazaré), Palavra de Vida Eterna (TV Nazaré e TV Canção Nova), A voz do Pastor (Rádio Nazaré FM), além de ser Articulista no jornal Voz de Nazaré, Jornal O Liberal; Jornal Diário do Pará, Portal da CNBB e escritor do livro Retiro Popular Quaresmal, há 26 anos, com publicação anual pela Editora Canção Nova.

Atualizado em Abril de 2017

Brasão

Descrição Heráldica

Descrição Heráldica do Brasão de Dom Alberto

O brasão de Dom Alberto Taveira Corrêa, foi criado em 1991 por ocasião de sua Ordenação Episcopal (06/07) como bispo auxiliar da Arquidiocese de Brasília e teve com inspiração como lema episcopal: “PARA A VIDA DO MUNDO”.

Em sua construção, lançados em campo único vermelho estão em ouro, uma estrela manifesta em seu brilho e um feixe de trigo. Este conjunto heráldico representa três elementos da fé cristã que manifestam a compreensão do lema episcopal do Arcebispo, a Eucaristia, Maria e a Unidade.

Distintos e integrados eles dizem o afã de ser instrumento da vida plena: “a mim o menor de todos, foi concedido o desafio de anunciar a todos o mistério das riquezas insondáveis de Cristo.” (Ef 3, 8).

Elementos:

A Eucaristia: expressa no lema episcopal a partir do feixe do trigo. Ela é o corpo de Cristo dado por vós. Recorda Jesus quando “abre o coração“ e fala: “O Pão que eu darei é minha carne dada PARA A VIDA DO MUNDO” (Jo 6, 51). Para o caminho e a maturidade de filhos recebemos nesta fonte o “Corpo entregue” e o “Sangue derramado” de Jesus, tesouro entregue é tesouro a se comunicar. Desta forma cabe ao epíscopo anunciar o amor que lhe foi entregue e convidar a todos a acolher este imenso dom na Eucaristia. Ser exemplo para que os outros conheçam este amor.

Maria: expressada na estrela que brilha. Ela é a rainha e a estrela da evangelização, que aqui apresenta uma luz que não é sua, mas toda de Deus, por isso vemos o brilho da estrela que reluz a “luz da luz, Deus verdadeiro de Deus verdadeiro, gerado e não criado…”. A estrela não se apresenta, mas se faz instrumento escondido, é como se Maria estivesse tomando para si a palavra de João Batista: “importa que Ele cresça e eu diminua”, e ainda reitera: “fazei tudo o que Ele vos disser”.

No coração do Arcebispo o título mariano, com o qual teve contato e forjou-lhe uma profunda consciência de ser filho de Deus e da Igreja, foi o de Nossa Senhora do Pilar, padroeira de sua cidade natal (Nova Lima – MG). Pulsa no sim dado a missão episcopal, a certeza de Maria como amparo da fé, pois é modelo de entrega de vida e cuja fidelidade se apoia na garantia de sua materna intercessão.

A Unidade: expressa no campo único da arte do brasão, propõe a entrega da vida inteira a Deus, pois “o cristão se realiza à medida que entrega a sua vida. Só quem ama vive de verdade.” A cor vermelha além de recordar o mistério da redenção, o fogo do Espírito, diz a coragem dos mártires que no seu martírio ensinam a morrer um pouco a cada dia, para que a misericórdia Divina sustente a fragilidade humana e nos dê a coragem para sermos testemunhas de Jesus Cristo. Santo Inácio de Antioquia sugere um ideal de vida, este santo queria ser o “trigo de Cristo” triturado pelos dentes das feras, até dizia que só seria verdadeiramente homem na da entrega da vida.

Integração dos Elementos:

O conjunto em arte expressa e detalhes o mistério uno e trino de Deus. No feixe de trigo encontra-se um caule (o número “um” indica que Deus é uma só realidade) que sustenta “sete” grãos (número que biblicamente indica a perfeição), que culmina em “três” filetes (santíssima trindade, um só Deus em três pessoas) lançados a partir do conjunto dos grãos. Na base o brilho de uma estrela, todos os elementos em tons dourados (indica não só a caridade como norma da vida, mas a vitória e o caminho para alcançá-la) em harmonia no centro de um campo único, o vermelho (esta cor indica fortaleza, bons cuidados, valorização, fidelidade, alegria e honra no desafio de socorrer os pobres, infelizes e injustiçados) .

Entendimento do Conjunto:

Atrai, propõe e convida a um ideal pelo qual vale dedicar inteiramente a própria vida: Deus que é amor. Em tempos de um mundo ferido e cansado, afirma que vale carregar como norma e decisão de vida viver: “PRO MUNDI VITA!” (O Pão que Eu darei é minha carne dada PARA A VIDA DO MUNDO” (Jo 6, 51).

O mundo é um campo de missão que desafia a capacidade evangelizadora dos filhos de Deus. A Igreja que chamou Dom Alberto Taveira Corrêa à missão episcopal, para acompanhar este e todos os filhos na Eucaristia que manifestam o imenso amor seguindo os passos de Cristo, morto e ressuscitado.

Quem vive o encontro eucarístico recebe assim como os discípulos de Emaús: a palavra e o pão. Aqui a palavra é o lema episcopal e o pão é o trigo triturado. Acolher a palavra e comungar é ser transformado e impelido pelo AMOR a repetir sustentado por Maria, pilar e amparo da fé, a entrega plena e incondicional da vida, diante de cada homem e mulher, chamados ao convívio eterno!

Leitura:

Padre Cristiano José Soares Sanches

Pároco da Paróquia Divino Espírito Santo – Asa Norte (Arquidiocese de Brasília)

 

 

Agenda

Fevereiro 2020

SÁBADO, 1 DE FEVEREIRO DE 2020
09h – Missa na instalação da Diocese do Xingu (Catedral – Altamira)
DOMINGO, 2 DE FEVEREIRO DE 2020
09h – Missa na Instalação da Província Eclesiástica e Arquidiocese de Santarém e posse do novo Arcebispo (Paróquia de São Francisco de Assis)
SEGUNDA-FEIRA, 3 DE FEVEREIRO DE 2020
08h – Missa na abertura do Ano Letivo (Faculdade Católica de Belém)
11h – Missa no encerramento do Ano Sabático na Comunidade Católica Sementes do Verbo (Monte Tabor)
15h30 – Gravações
TERÇA-FEIRA, 4 A QUINTA-FEIRA, 6 DE FEVEREIRO DE 2020
Retiro do Presbitério de Belém (Monte Tabor)
SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2020
08h30 – Reunião do Conselho Episcopal (Monte Tabor)
16h30 – Gravações
19h – Missa de Posse do Padre Paulo Victor como coordenador do SAV e Vigário Paroquial (Paróquia Nossa Senhora do Bom Remédio)
SÁBADO, 8 DE FEVEREIRO DE 2020
Viagem (Tucumã – PA)
DOMINGO, 9 DE FEVEREIRO DE 2020
09h – Missa de instalação da nova Prelazia do Alto Xingu e posse do novo Bispo Prelado (Tucumã – PA)
SEGUNDA-FEIRA, 10 DE FEVEREIRO DE 2020
18h – Missa (Seminário São Pio X)
19h30 – Reunião do Conselho de Formação Sacerdotal (Seminário São Pio X)
TERÇA-FEIRA, 11 DE FEVEREIRO DE 2020
06h25 – Missa (Carmelo Santa Teresinha)
09h30 – Audiências
19h – Missa (Paróquia Nossa Senhora de Lourdes do Quarenta Horas)
QUARTA-FEIRA, 12 DE FEVEREIRO DE 2020
19h – Primeira Reunião do CADIP
QUINTA-FEIRA, 13 DE FEVEREIRO DE 2020
08h30 – Primeira Reunião do Conselho Presbiteral
SEXTA-FEIRA, 14 DE FEVEREIRO DE 2020
09h30 – Audiências
19h – Missa dos Compromissos (Comunidade Ieshua)
SÁBADO, 15 DE FEVEREIRO DE 2020
11h – Missa com admissão dos novos Seminaristas (Seminário Dom Tadeu Prost)
19h – Posse do Padre Raimundo Possidônio (Paróquia Mistério da Transfiguração do Senhor)
DOMINGO, 16 DE FEVEREIRO DE 2020
07h – Missa (Catedral de Belém)
08h – Lançamento do Retiro Popular 2020 (Catedral de Belém)
10h – Missa e Crismas (Paróquia Jesus Bom Samaritano)
17h30 – Missa e Posse do Cônego Sílvio (Paróquia de Nossa Senhora de Fátima em Belém)
SEGUNDA-FEIRA, 17 DE FEVEREIRO DE 2020
08h – Gravações
09h30 – Audiências
TERÇA-FEIRA, 18 DE FEVEREIRO DE 2020
Retiro do Presbitério de Belém
QUARTA-FEIRA, 19 E QUINTA-FEIRA, 20 DE FEVEREIRO DE 2020
Reunião dos Bispos do Regional Norte 2
SEXTA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2020
08h30 – Reunião do Presbitério (Monte Tabor)
19h30 – Missa de Renovação dos Compromissos da Comunidade Nova Aliança (Catedral de Belém)
SÁBADO, 22 DE FEVEREIRO DE 2020
19h – Ordenação Diaconal de Júlio José Neves do Nascimento (Santuário de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro)
DOMINGO, 23 DE FEVEREIRO DE 2020
09h30 – Encontro “Laetare” (Sítio Madre Giovanna – Marituba)
11h – Missa no Encontro de Carnaval da RCC “Enchei-vos” (Paróquia Nossa Senhora do Carmo)
16h30 – Missa no Encontro “Aviva” da Comunidade “Cristo Alegria” (CENTUR)
SEGUNDA-FEIRA, 24 DE FEVEREIRO DE 2020
08h – Missa no Encontro de Carnaval da RCC “Enchei-vos” (Paróquia São Pio X)
11h – Missa no Encontro de Carnaval da RCC “Enchei-vos” (Escola João Paulo II – Cidade Nova)
17h30 – Missa no Encontro RENASCER da Comunidade Shalom
TERÇA-FEIRA, 25 DE FEVEREIRO DE 2020
08h – Missa no Encontro de Carnaval da RCC “Enchei-vos” (Paróquia São Domingos de Gusmão)
11h – Missa no Encontro de Carnaval da RCC “Enchei-vos” (Paróquia de Jesus Ressuscitado)
17h – Missa no Encontro de Carnaval Renovai-vos da Comunidade Maíra
QUARTA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO DE 2020
19h – Missa de Quarta-Feira (Catedral de Belém)
QUINTA-FEIRA, 27 DE FEVEREIRO DE 2020
08h30 – Reunião Do Conselho Episcopal
SÁBADO, 29 DE FEVEREIRO DE 2020
09h – Missa de Abertura da CF 2020 (CESEP)
17h – Missa no Círculo Operário

A agenda pode ser alterada sem aviso prévio