FUNDAÇÃO NAZARÉ DE COMUNICAÇÃO

A FUNDAÇÃO NAZARÉ DE COMUNICAÇÃO é uma entidade civil de direito privado, sem fins lucrativos. Foi criada no dia 14 de dezembro de 1993 pelo então Arcebispo de Belém, Dom Vicente Joaquim Zico, com a denominação de FUNDAÇÃO RÁDIO NAZARÉ. O nome foi escolhido em virtude de a Rádio ser o único veículo de comunicação pertencente à instituição na época.

O seminário arquidiocesano de Belém foi sede da fundação até junho de 1998, quando a instituição foi transferida para a Avenida Governador José Malcher, onde está localizada atualmente. A partir de então passou a ser denominada de FUNDAÇÃO NAZARÉ DE COMUNICAÇÃO.

Em outubro de 2000, a Fundação recebeu a outorga da União para instalação de uma geradora de televisão, a TV NAZARÉ, canal 30. Em maio de 2002, a TV NAZARÉ foi inaugurada já com a proposta de expandir-se para o interior do Estado. Este sonho se fortaleceu e, aos poucos, a emissora cresceu em grande parte da AMAZÔNIA LEGAL.

No mesmo ano, mais um veículo de comunicação foi incorporado à FUNDAÇÃO NAZARÉ DE COMUNICAÇÃO, o jornal impresso VOZ DE NAZARÉ. Dom Vicente Zico recebeu da Ordem dos Padres Barnabitas, da Paróquia de Nossa Senhora de Nazaré, os direitos sobre o semanário no dia 2 de janeiro de 2003.

Hoje, a REDE NAZARÉ DE COMUNICAÇÃO é formada por sua geradora – Canal 30, de Belém, e 78 canais primários e secundários, já outorgados e em processo de instalação. Ela exerce suas funções de educar e evangelizar os povos da Amazônia por meio dos veículos de comunicação Rádio Nazaré FM, TV Nazaré, jornal Voz de Nazaré e o Portal Nazaré

Nos termos das outorgas de permissão e de concessão, a FUNDAÇÃO NAZARÉ DE COMUNICAÇÃO presta serviços de radiodifusão de sons e imagens, como rege seu estatuto, em observação ao Código Brasileiro de Telecomunicações. Sempre com fins educativos, as programações da Rádio Nazaré FM e da TV Nazaré são voltadas aos valores familiares. Nela, o espectador tem acesso à informação, entrevistas, filmes, programas religiosos, infantis e formativos.

Como órgão da Arquidiocese de Belém, a presidência da FUNDAÇÃO NAZARÉ DE COMUNICAÇÃO é exercida pelo Arcebispo Metropolitano – no momento, Dom Alberto Taveira Corrêa – que designa os diretores executivos da mesma, bem como os membros do conselho curador, de programação e fiscal.

RÁDIO NAZARÉ – 91,3 FM

A Rádio Nazaré FM foi fundada em 14 de dezembro de 1993 pelo atual Arcebispo Emérito de Belém, Dom Vicente Zico. Por ser o primeiro veículo de comunicação da instituição, recebeu, na época, o nome de Fundação Rádio Nazaré, alterado em junho de 1998.

A iniciativa surgiu durante a gravação de um programa feito por Dom Vicente para uma rádio de Belém em um estúdio improvisado no Seminário São Pio X, em Ananindeua. Motivado pela grande audiência, o arcebispo decidiu ir adiante: criar uma rádio com o objetivo de evangelizar e educar os povos da Amazônia.

No dia 15 de dezembro de 1994 foi concedida a outorga para que a Fundação Rádio Nazaré pudesse prestar serviços de radiodifusão sonora, por meio da Rádio Nazaré FM com a frequencia 91,3 MHz. A Rádio foi inaugurada em 4 maio de 1996.

Atualmente com um alcance de 92 municípios, a rádio oferece uma programação voltada para a formação e educação do povo amazônico, possuindo em sua grade atrações para a toda a família com: informação, entrevistas interativas, participação direta e indireta dos ouvintes, programas religiosos e formativos, além de um repertório musical selecionado.

A Rádio Nazaré FM conquistou a credibilidade e a admiração da população paraense, principalmente por contribuir para o crescimento do ser humano tanto no aspecto espiritual, quanto nos âmbitos social, cultural e educacional.

Ouça a Rádio Nazaré FM

TV NAZARÉ – Canal 30.1

O sonho de possuir uma emissora de televisão católica era antigo na Arquidiocese de Belém. No entanto, até 1998 não se falava concretamente em TV Nazaré, apenas em Rede Vida. Para retransmitir esta emissora católica de São José do Rio Preto (São Paulo) foi construída uma torre de concreto, com mais de 100 metros de altura. Ali foi instalada, no Natal de 1999, com ajuda dos paraenses, por meio de coletas, promoções e doações individuais e de empresas, a antena do Canal 19 – retransmissora da Rede Vida em Belém.

Os Bispos da Arquidiocese, porém, queriam mais. Pretendiam uma emissora católica que pudesse gerar programas locais de qualidade para evangelizar e educar o povo do Pará. No dia 06 de outubro de 2000, durante a Celebração dos 50 anos de vida sacerdotal de Dom Vicente Joaquim Zico, o ex-ministro das Comunicações Pimenta da Veiga e o ex-vice Presidente da República Marco Maciel premiaram a Arquidiocese com a outorga do Canal 30E UHF para Belém.

Em 29 de janeiro de 2002, o ex-ministro das Comunicações Pimenta da Veiga assinou o Contrato de Concessão por 15 anos, da TV Nazaré como geradora. Na condição de TV Educativa, a emissora não pode obter lucros com as vendas de comerciais. Pode, entretanto, receber apoios culturais.

A TV Nazaré foi inaugurada no dia 11 de maio de 2002 com uma solene sessão no Centro de Cultura e Formação Cristã da Arquidiocese de Belém. A cerimônia contou com a presença de várias autoridades eclesiásticas e civis, como a do ex-governador do Estado do Pará Almir Gabriel e a do ex-ministro das Comunicações Juarez Quadros.

Aos poucos, a TV Nazaré cresceu em toda a Amazônia Legal. As primeiras concessões foram feitas pelo ex-ministro Juarez Quadros e a maioria outorgada durante o ano de 2003 pelo ex-ministro Miro Teixeira.

No dia 28 de maio de 2004 foi inaugurado oficialmente o sinal da TV Nazaré via satélite, através da empresa New Skies Satelites, com a presença do Núncio Apostólico, Dom Lorenzo Baldisseri; Dom Vicente Zico, Arcebispo de Belém; Dom Carlos Verzeletti, então bispo auxiliar de Belém e diretor geral da Fundação Nazaré de Comunicação; Elifas Gurgel, representante do Ministério das Comunicações; deputado federal Zenaldo Coutinho, entre outras autoridades políticas, religiosas, civis e militares.

Assista a TV Nazaré – ao vivo

VOZ DE NAZARÉ

Fundado em 1913 pelo padre barnabita Florence Dubois para divulgar as atividades da Paróquia de Nazaré, o jornal Voz de Nazaré passou a ser administrado pela Fundação Nazaré de Comunicação, a partir de 2 de janeiro de 2003, quando a instituição, representada pelo então arcebispo Dom Vicente Zico, recebeu a transferência dos direitos do periódico.

Conhecido como o jornal católico da família, a Voz de Nazaré adota uma linha jornalística que visa à publicação de matérias voltadas para o interesse da comunidade católica de Belém, do Pará, do Brasil e do mundo, noticiando os principais fatos envolvendo a Igreja Católica.

Há por parte do jornal a preocupação com os problemas sociais locais, que são manifestados em reportagens publicadas com o objetivo de apontar os principais problemas enfrentados pela população e as possíveis soluções, sempre enfocando os princípios da Doutrina Social da Igreja e valorizando a dignidade do ser humano. Também é incentivada a cultura regional, com notícias e reportagens sobre atividades em diversas áreas artísticas.

A edição semanal é lida por cerca de 25 mil pessoas. Com circulação às sexta-feiras, a Voz de Nazaré possui distribuição entre os assinantes e pode ser encontrada nas principais bancas da cidade por R$ 1,00, na própria Fundação Nazaré de Comunicação, em todas paróquias da Arquidiocese de Belém, além de outras localidades do Pará.

Leia o Voz de Nazaré Digital

PORTAL NAZARÉ

Um dos melhores meios de comunicar, rapidamente e de forma instantânea, correspondendo à necessidade global de comunicação, é a Internet. Atendendo a esta realidade, cada vez mais evidente e acompanhando o mundo moderno, a Fundação Nazaré de Comunicação idealizou e disponibilizou desde 5 de outubro de 2011 o Portal Nazaré: www.fundacaonazare.com.br

Com finalidade principal de divulgar os conteúdos produzidos pelos veículos de comunicação da Fundação Nazaré de Comunicação e as notícias da Arquidiocese de Belém, através da rede mundial de comunicação, o Portal propicia aos internautas acompanhar as programações ao vivo, tanto da TV quanto da Rádio, além de poder ler online, na íntegra, o conteúdo do jornal Voz de Nazaré. Com mais de um milhão de acessos ao ano na rede mundial, o Portal Nazaré gera conteúdos exclusivos, notícias em tempo real, além de compartilhar todo seu conteúdo com as mídias sociais oficiais da Fundação Nazaré: twitter, facebook, youtube.

Acesse o Portal Nazaré

Fundação Nazaré de Comunicação

A FNC constitui-se como um valioso meio de evangelização e educação para o homem da Amazônia, a qual promove e incentiva a formação educacional, cívica, moral, cultural e religiosa do povo Amazônida, através da radiofusão de sons e imagens.

Cardeal Dom Cláudio Hummes

“A Igreja na Amazônia quer “fazer redes”, para conjugar os esforços. Peço a vocês, profissionais da comunicação mundial e local, que não se esqueçam da Amazônia. Essa é determinante para o futuro da humanidade”.

A Família Nazaré é um projeto subsidiário da Fundação Nazaré de Comunicação. Foi pensado e efetivado para ser um dos canais de compromisso dos fiéis da Igreja em Belém para com as exigências e desafios do processo de evangelização, através dos meios de comunicação social. Esse é, aliás, o maior dos nossos objetivos. Foi oficialmente instituído no dia 25 de março de 2000, na Missa da Anunciação, presidida pelo, então Arcebispo de Belém, Dom Vicente Joaquim Zico, e concelebrada por seu auxiliar, Dom Carlos Verzeletti – atualmente bispo de Castanhal -, na Basílica de Nossa Senhora de Nazaré.

POR QUE FAZER PARTE DA FAMÍLIA NAZARÉ?

Em primeiro lugar, você, na condição de católico-membro da Igreja em Belém, é corresponsável por todos os projetos de pastoral pensados e levados a efeito nesta e para esta Igreja em particular. A Família Nazaré é um dos seus mais nobres projetos, pois existe em função do processo evangelizador. Há tantos irmãos, perto ou distante de você, necessitados das palavras de conforto e de salvação. Doar para a Família Nazaré é fazer a pregação da sua Igreja dar voos mais altos, alcançando horizontes mais distantes dela mesma, pois a Família Nazaré existe para manter no ar, sempre buscando aperfeiçoamento, os meios de comunicação social da Igreja.

Você que está em outras cidades, outros Estados, e que usufrui dos benefícios desses meios de comunicação através da Internet, ou pela TV Nazaré instalada em sua cidade ou mesmo via parabólica, pode fazer parte dessa Família Evangelizadora. Temos a certeza de cumprir o mandato de Jesus: “Aquilo que vos falo em segredo, gritai-o sobre os telhados!”

Faça logo parte dessa família! Anuncie Jesus Cristo e o seu Reino com mais força e eficiência. A Fundação Nazaré de Comunicação aguarda o seu cadastro. Você receberá mensalmente uma cartinha de nosso Arcebispo e um boleto bancário.

Você pode pagar sua contribuição não apenas no Banco, mas também na própria Fundação Nazaré ou na rede autorizada: Livraria Paulus, Livraria Paulinas e loja Lírio Mimoso.

Quem mora fora de Belém pode depositar sua contribuição e se tornar conosco um EVANGELIZADOR NOTA 10. Deposite no Bradesco – Agência 2398-1 – C/C 7900-6, em nome da Fundação Nazaré de Comunicação.

Quem colabora com o apóstolo, recebe o prêmio de apóstolo (São Paulo)